Já foi diferente...

Hoje em dia "engajamento social" é o mesmo que número de tweets somado às curtidas no Facebook. Então tá.

Tropa do Cheque

Dois dos integrantes da CPI do Cachoeira estiveram em um restaurante em Paris, na Semana Santa, com Fernando Cavendish, então presidente da Delta. O encontro reuniu o senador Ciro Nogueira (PP-PI) e o deputado Maurício Quintella Lessa (PR-AL). Estava com os dois o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), que não faz parte da comissão de inquérito. 


À época, a CPI não havia sido criada, mas o escândalo envolvendo o bicheiro Carlinhos Cachoeira e a Delta já tinha vindo à tona. Ciro Nogueira confirmou a amizade com o ex-presidente da Delta. Em 12 de dezembro de 2009, ele postou no Twitter: “hoje vou ao casamento do meu amigo Fernando Cavendish”.


Nesta quinta-feira, por 16 votos a 13, a CPI barrou a convocação de Cavendish numa sessão tumultuada. Ciro Nogueira fez discurso e votou contra a convocação. Maurício Quintella Lessa não estava presente. A Delta Construções negou qualquer pagamento a parlamentares no Congresso, bem como eventual encontro de parlamentares com Cavendish “em qualquer lugar que seja”. Outra viagem de Cavendish a Paris já causou polêmica: a que ele apareceu em fotos num jantar ao lado do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e secretários do governo do estado.

Cavendish não foi convocado para prestar depoimento, Cabral não foi convocado a prestar depoimento, os depoentes que foram não disseram mais do que como "fizeram bem" aos seus respectivos estados ou simplesmente não falaram nada aos "representantes do povo". PT e PSDB fecharam um acordo na surdina e nenhum deles acusa ninguém diretamente para não respingar em si. PMDB idem. Só por ter estes, que são os maiores partidos no Congresso, unidos nada iria pra frente. Soma-se a estes os aliados dos envolvidos e está armado o circo. 

Outras CPIs me deram a esperança de desbaratinar esquemas muito complexos e não o fizeram. Sempre acabam presos 2 ou 3 bodes espiatórios até a poeira baixar e a coisa morre aí. Essa CPI, a do Cachoeira, já nasceu morta.


A farra só aumenta!

O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e o vice Luiz Fernando Pezão serão os únicos integrantes do primeiro escalão da administração fluminense a não serem investigados pelo novo código de conduta publicado na segunda-feira no Diário Oficial. Na versão anterior do código, o governador não estava excluído das investigações. Os processos abertos por desvios éticos poderão incluir secretários e subsecretários, mas, mesmo assim, tanto o nome do investigado quanto o conteúdo das infrações serão mantidos em sigilo.

Nas últimas semanas, Cabral e alguns secretários apareceram em fotos com o ex-presidente da Delta Construções Fernando Cavendish em passeios e em restaurantes de Paris. A construtora é um dos focos da CPI mista do Congresso que investiga as atividades do contraventor Carlinhos Cachoeira.
— As regras do novo código se aplicam ao governador. Mas ele não pode ser investigado por integrantes de comissões que ele mesmo nomeou. O controle deve ser feito pela sociedade ou pelos parlamentares — justificou o chefe da Casa Civil, Regis Fichtner, que também aparece nas imagens com Cabral e Cavendish na capital francesa.






A fiscalização dos servidores do Rio é realizada por duas comissões que compõem o Sistema de Gestão de Ética do Executivo. Uma delas é formada por integrantes do próprio governo (Ética da Alta Administração) e presidida por Fichtner; a outra (Ética Pública Estadual) é comandada pelo ex-presidente do Tribunal de Justiça Marcus Faver.

Na semana passada, integrantes da comissão formada por Faver ameaçaram deixar o órgão. Eles alegaram que os decretos 43.057 e 43.058, que regulamentam o código de conduta do governo do Rio, eram confusos e não definiam claramente a atribuição da comissão e os poderes para apurar casos envolvendo Cabral. O grupo, então, enviou a Fichtner e à procuradora-geral do Estado, Lúcia Léa Guimarães Tavares, um conjunto de sugestões de mudanças nos decretos.
— As modificações no código foram acolhidas pela comissão externa (Ética Pública Estadual) — ressaltou Fichtner.


Faver sumiu para os jornalistas. A desembargadora aposentada Doris Castro Neves e o procurador estadual Geraldo Arruda Guerreiro, que também são integrantes da Comissão Ética Pública Estadual, não querem falar sobre o caso.

Além de não investigar Cabral e Pezão, o decreto 53.058 determina o sigilo dos processos, com chancela de “reservado” até a decisão final, cabendo a uma comissão do governo “deliberar sobre a permanência dessas restrições”. Já o artigo 11 diz que as decisões serão publicadas “sem qualquer dado que possa identificar pessoas submetidas à investigação”.
  

Nesta terça-feira Fichtner prometeu rever o decreto e alterá-lo novamente.
— Posso até complementar o decreto. Vou sugerir isso ao governador (para a publicação dos nomes dos servidores e das infrações após o fim das investigações). Queremos deixar tudo muito transparente.
Segundo a assessoria de imprensa de Cabral, essa mudança seria publicada nesta quarta-feira no DO.
Cabral decidiu criar o código de ética e as duas comissões no ano passado, depois da queda de um helicóptero e da morte de sete pessoas, entre elas Jordana Kfouri, mulher de Cavendish, no Sul da Bahia. Na ocasião, Cabral reconheceu ter usado jato do empresário Eike Batista para ir do Rio à Bahia, onde participaria do aniversário de Cavendish, cuja empreiteira tem contratos com o governo de R$ 1,4 bilhão.



Fonte: O Globo (e imagens retiradas da internet)

O filho de Zeus

O Blog do Noblat, vinculado ao jornal O Globo, publicou hoje um artigo em que fala de uma questão polêmica; o acidente fatal envolvendo Thor, o filho de Eike Batista. Todas as pessoas que conheço já tem opinião formada sobre o assunto desde o momento em que o tema virou público. Resumidamente uns atacam com raiva e dizem que a culpa é do menino porque ele é rico e outros dizem que só estão culpando ele porque ele é rico, coitadinho, mas a culpa é do ciclista imprudente. 



Eu acho que a culpa não é do rico. Não só. A culpa é dele, que constantemente é pego acima da velocidade e tudo indicava que também estava nesse caso (agora está provado), dos pais dele, que não deram ou darão limites, do ciclista, que atravessava fora de onde deveria, do Estado, que não iluminou o local, nunca providenciou sinalização e nem colocou uma passarela na região que é perto de áreas residenciais (mesmo que irregulares áreas residenciais são áreas residenciais). 

Vivemos em um sistema em que o poder é dado principalmente pelo dinheiro e nesse sistema quem acha que é Zeus compra os machados que quer a seus filhos e diz que são brinquedos. Mesmo sabendo o poder que têm.

Talvez a maior indignação do brasileiro, cansado de burocracias e impostos "inevitáveis", seja ver alguém furando filas. E ler no jornal as atitudes e preocupações dos envolvidos no caso é ver coisas deste gênero. "Ao pagar o velório do morto funcionários da empresa do pai do menino foram jocosos e quiseram pechinchar". Outros funcionários da mesma holding foram resolver o problema do outro carro de luxo apreendido em situação irregular e "no dia seguinte o rapaz já tinha o carro de volta"... Sinceramente, com quem nós conseguimos nos identificar? 

Não acredito que quase ninguém vá mudar de ideia com relação ao tema. No entanto debater é preciso. Como eu ia dizendo Ricardo Noblat criticou em sua coluna o rapaz, o pai do rapaz e o apresentador Luciano Huck, que foi logo defendê-lo sem sequer saber do que se tratava direito. Como o blog chegou a ficar fora do ar por alguns instantes vou reproduzir o texto original do jornalista na íntegra.


Filho do homem mais rico do Brasil tentou comandar, pelo Twitter, um inquérito policial sobre a morte do ciclista pobre, o apresentador Luciano Huck inocentou o bilionário antes de ter elementos para julgar; Eike Batista, por sua vez, lamentou a perda do brinquedinho; e agora?

Raras vezes se viu no Brasil uma tentativa tão explícita de calar, pela força do dinheiro, uma investigação policial. O caso era uma autêntica fábula brasileira, que expunha nossas mazelas e fraturas sociais.

No dia 18 de março deste ano, Thor Batista, filho do homem mais rico do Brasil, Eike Batista, atropelou em sua Mclaren um rapaz negro, Wanderson Silva, que conduzia uma bicicleta, num país onde crimes de trânsito raramente são punidos. Rapidamente, Eike e Thor passaram a bombardear internautas com mensagens no Twitter.

Em 63 mensagens sequenciais, Thor deu sua versão para o acidente. Numa delas, disse que "vinha na faixa da esquerda, com muito cuidado, sem ao menos dialogar com meu carona quando repentinamente um ciclista atravessou...". Em outra, assegurou que "a frenagem trouxe o carro de 100km/h até 90 km/h".

Eike, por sua vez, deu força ao filhão dizendo que era a quinta vez apenas que ele dirigia a Mclaren, xodó da família. E contratou o advogado mais caro do País, Marcio Thomaz Bastos, para defender o pupilo. "Só contrato o melhor", disse Eike à época.

Em diversos veículos de comunicação, também se exerceu uma pressão imensa para que o caso não fosse analisado pela ótica da luta de classes – afinal, ricos não podem ser punidos simplesmente porque são ricos.

A cereja do bolo foi o tweet publicado pelo "bom-moço" Luciano Huck, que enriquece às custas de "Wandersons" e, assim, frequenta as rodas de "Thors" e "Eikes". "Fatalidade. Prestou socorro e não tinha bebido", tuitou Huck no dia do acidente, antes de ter qualquer elemento para julgar.

Pois bem: todos acabam de ser desmoralizados pela perícia oficial realizada pela polícia do Rio de Janeiro. Uma polícia que, diga-se de passagem, conseguiu realizar um trabalho independente apesar de todas as suspeitas que recaiam sobre seu trabalho, em razão da propalada influência de Eike Batista no governo do Rio de Janeiro.

Sabe-se agora que Thor dirigia a pelo menos 135 km/h, acima do limite de 110 km/h, e vinha realizando ultrapassagens em ziguezague segundo o depoimento de testemunhas. Em sua defesa, o filho do bilionário pretende apresentar uma perícia privada – mas, em países sérios, o que vale é a investigação oficial, não aquela paga por quem tem interesse em se livrar de suas responsabilidades.

Thor mentiu. Luciano Huck foi falastrão. E Eike se comportou como um pai que não sabe impor limites aos filhos. Aliás, recomenda-se que Thor feche urgentemente seu Twitter. Num post, revelou um encontro com o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, que estuda realizar um aporte bilionário numa empresa de Eike Batista em má situação financeira, a LLX.

Em outro, Thor fez uma brincadeira pueril. Disse que o cruzamento de um quero-quero com um pica-pau resulta em que quero-pica-quero-pau.

Thor, que acaba de ser desmascarado pela perícia realizada pela polícia do Rio, foi indiciado por homicídio culposo. Dias atrás, ele teve outro brinquedinho apreendido: a Ferrari que conduzia sem placa nas ruas do Rio de Janeiro.

Quantos "Wandersons" serão necessários até o Brasil aprenda a efetivamente tratar crimes de trânsito, que matam milhares de pessoas no País, como crimes, e não como fatalidades inocentadas por Luciano Huck?


Previsões de Pai Xorume para as Olimpíadas no Brasil


1. De 2011 a 2015

1. ONGs vão pipocar dizendo que apoiam o esporte, tiram crianças das ruas e as afastam das drogas. Após as olimpíadas estas ONGs desaparecerão e serão investigadas por desvio de dinheiro público. Ninguém será preso ou indiciado.

2. Um grupo de funk vai fazer sucesso com uma música que diz: vou pegar na tua tocha pra você pôr na minha pira.

3. Uma escola de samba vai homenagear os jogos, rimando “Barão de Coubertin” com “sol da manhã”. Gilberto Gil virá no último carro alegórico vestido de lamê dourado representando o “espírito olímpico do carioca visitando a corte do Olimpo num dia de sol ao raiar do fogo da vitoria ”.

4. Haverá um concurso para nomear a mascote dos jogos que será um desenho misturando um índio, o sol do Rio, o Pão de Açúcar e o carnaval, criado por Hans Donner. Os finalistas terão nomes como : “Zé do Olimpo”, “ Chico Tochinha” e “Kaíque Maratoninha”.

5. Luciano Huck vai eleger a Musa dos jogos, concurso que durará um ano e elegerá uma modelo chamada Kathy Mileine Suellen da Silva.

2. Abertura dos jogos
1. A tocha olímpica será roubada ao passar pela baixada fluminense. O COB vai encomendar outra com urgência para um carnavalesco da Beija-flor.

2. Zeca Pagodinho, Dudu Nobre e a bateria da Mangueira farão um show na praia de Copacabana para comemorar a chegada do fogo olímpico ao Rio. Por motivo de segurança, Zeca Pagodinho será impedido de ficar a menos de 500 metros da tocha.

3. Durante o percurso da tocha, os brasileiros vão invadir a rua e correr ao lado dela carregando cartolinas cor de rosa onde se lê GALVÃO FILMA NÓIS, 100% FAVELA DO RATO MOLHADO.

4. Pelé vai errar o nome do presidente do COI, discursar em um inglês de  merda  elogiando o povo carioca e, ao final, vai tropeçar no carpete que foi colado 15 minutos antes do início da cerimônia.

5. Claudia Leite e Ivete Sangalo vão cantar o “Hino das Olimpíadas” composto por Latino e MC Medalha. As duas vão duelar durante a música para aparecer mais na TV.

6. O Hino Nacional Brasileiro será entoado a capella por uma arrependida Vanuza, que jura que "não bota uma gota de álcool na boca desde a última copa". A platéia vai errar a letra, em homenagem a ela, chorar como se entendesse o que está cantando, e aplaudir no final como se fosse um gol.

7. Uma brasileira vai ser filmada várias vezes com um top amarelo, um shortinho verde e a bandeira dos jogos pintada na cara. Ela posará para a Playboy sem o top e sem o shortinho e com a bandeira pintada na bunda.

8. Por falta de gás na última hora, já que a cerimônia só foi ensaiada durante a madrugada, a pira não vai funcionar. Zeca Pagodinho será o substituto temporário já que a Brahma é um dos patrocinadores. Em entrevista ao Fantástico ele dirá que não se lembra direito do fato.

9. Setenta e quatro passistas de fio-dental vão iniciar a cerimônia mostrando o legado cultural do Rio ao mundo: a bala perdida, o trafico, o funk, o seqüestro relâmpago e a favela.

10. Durante os jogos de tênis a platéia brasileira vai vaiar os jogadores argentinos obrigando o árbitro a pedir silencio 774 vezes. Como ele pedirá em inglês ninguém vai entender e vão continuar vaiando. Galvão Bueno vai dizer que vaiar é bom, mas vaiar os argentinos é melhor ainda. Oscar concordará e depois pedirá desculpas chorando no programa do Gugu.

11. Um simpático cachorro vira-lata furará o esquema de segurança invadindo o desfile da delegação jamaicana. Será carregado por um dos atletas e permanecerá no gramado do Maracanã durante toda a cerimônia. Será motivo de 200 reportagens, apelidado de Marley, e será adotado por uma modelo emergente que ficará com dó do pobre animalzinho e dirá que ele é gente como a gente.

12. Adriane Galisteu posará para a capa de CARAS ao lado do grande amor da sua vida, um executivo do COB.

13. Os pombos soltos durante a cerimônia serão alvejados por tiros disparados por uma favela próxima e vendidos assados na saída do Maracanã por “dois real”.

3. Durante os jogos

1. Caetano Veloso dará entrevista dizendo que o Rio é lindo, a cerimônia de abertura foi linda e que aquele negão da camiseta 74 da seleção americana de basquete é mais lindo ainda.

2. Uma modelo-manequim-piranha-atriz-exBBB vai engravidar de um jogador de hóquei americano. Sua mãe vai dar entrevista na Luciana Gimenez dizendo que sua filha era virgem até ontem, apesar de ter namorado 74 homens nos últimos seis meses, e que o atleta americano a seduziu com falsas promessas de vida boa nos EUA. Após o nascimento do bebê ela posará nua e terá um programa de fofocas numa rede de TV.

3. No primeiro dia os EUA, a China e o Canadá já somarão 74 medalhas de ouro, 82 de prata e 4 de bronze. Os jornalistas brasileiros vão dizer a cada segundo que o Brasil é esperança de medalha em 200 modalidades e certeza de medalha em outras 64.

4. Faltando 3 dias para o fim dos jogos, o Brasil terá 3 medalhas de bronze e 1 de ouro, esta ganha por atletas desconhecidos no esporte “caiaque em dupla”. Eles vão ser idolatrados por 15 minutos (somando todas as emissoras abertas e a cabo) como exemplos de força e determinação. A Hebe vai dizer que eles são “uma gracinha” ao posarem mordendo a medalha, e nunca mais se ouvirá deles.

5. A seleção brasileira de futebol comandada por Ronaldinho vai chegar como favorita. Passará fácil pela primeira fase e entrará de salto alto na fase final, perdendo para a seleção de Sumatra .

6. A seleção americana de vôlei visitará uma escola patrocinada pelo Criança Esperança. Três meninos vão ganhar uma bola e um uniforme completo dos jogadores, sendo roubados e deixados pelados no dia seguinte.

7. Os traficantes da Rocinha vão roubar aquele pó branco que os ginastas passam na mão. Um atleta cubano será encontrado morto numa boate do Baixo Leblon depois de cheirá-lo. O COB, a fim de não atrasar as competições de ginástica, vai substituir o tal pó pelo cimento estocado nos fundos do ginásio inacabado.

8. Um atleta brasileiro nunca visto antes terminará em 57º lugar na sua modalidade e roubará a cena ao levantar a camiseta mostrando outra frase onde se lê: JARDIM MATILDE NA VEIA.

9. Vários atletas brasileiros apontados como promessa de medalha serão eliminados logo no início da competição. Suas provas serão reprisadas em 'slow motion' e 400 horas de programas de debate esportivo vão analisar os motivos das suas falhas. 

4. Após os jogos
1. Um boxeador brasileiro negro de 1,85m estrelará um filme pornô para pagar as despesas que teve para estar nos jogos e por não obter patrocínio.

2. Faustão entrevistará os atletas brasileiros que não ganharam medalhas. Não os deixará pronunciar uma palavra sequer, mas dirá que esses caras são exemplos no profissional tanto quanto no pessoal, amigos dos amigos, e outras besteiras.

3. No início do ano seguinte, vários bebês de olhos azuis virão ao mundo e as filas para embarque nos vôos para a Itália, Portugal e Alemanha serão intermináveis, com mães "ofendidas", segurando seus rebentos...


Fonte: Esse texto circula na internet sob autoria de José Simão. Mas como disse "circula na internet", então não ponho minha mão no fogo quanto à autoria.
Desculpem. Não resisti em partilhar Metallica interpretando o "Tche-tche-rê" e Guns N Roses cantando pagodinho.






Esse Congresso é uma pelada!



Algumas situações fazem uma voz gritar na minha cabeça essa música.

Deputados tietes parando os trabalhos pra pedir autógrafos ao Neymar... Isso foi demais. Aí aparecem até os fantasmas do Congresso!


Reportagem do GloboEsporte.com:

Assinaturas em gravatas de deputados e em pastas oficiais marcam presença do atacante do Peixe em cerimônia pelos 100 anos do Santos
Com pouco mais de três anos como jogador profissional, Neymar não distribuiu tantos autógrafos na carreira como na manhã desta terça-feira. Na Câmara dos Deputados, em Brasília, para solenidade em homenagem aos 100 anos do Santos, o camisa 11 viu camisas serem atiradas no palanque, deputados pedirem assinaturas nas gravatas e até mesmo em pastas oficiais de discursos, como foi o caso do deputado Afonso Hamm (PP-RS), realizados no plenário do local.


Crianças, fãs enlouquecidas com a presença do atacante em Brasília, deputados, assessores parlamentares, funcionários da Câmara.... Todos queriam uma lembrança de Neymar. Apesar da presença do goleiro Rafael, do zagueiro Edu Dracena, do volante Arouca e do meia Paulo Henrique Ganso, o camisa 11 era o mais assediado.

Mas não foram apenas os pedidos inusitados que chamaram a atenção na Câmara. Durante 1h30m, tempo de duração da solenidade, camisas foram atiradas em direção a Neymar. Umas caíam logo à sua frente. Outras tinham a direção errada. Um deputado ficou sem o óculos, outro acertou o atacante com um envelope. Mas nada que tirasse o bom humor do jogador.

Até mesmo uma camisa do Corinthians apareceu na solenidade. O uniforme tinha o número 9, utilizado até fevereiro do ano passado por Ronaldo Fenômeno, atualmente aposentado e membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador da Copa de 2014.

Faltando poucos minutos para o fim da festa, Neymar deixou a mesa, sentou no palanque à frente dos fãs e seguiu distribuindo autógrafos. Cena que chamou a atenção dos presentes. Mesmo com a convocação dos deputados para um discurso, o jogador fez questão de dar atenção a todos os presentes no local.

"El Efecto", uma banda de valor

Gostei do sonzinho e resolvi compartilhar.

Som de resistência num tempo de muitos pós-modernismos (estranhos pra quem entende a diferença entre preço e valor) porque hai que resistir. Eike resistir.

Ouça:

Desastres que não terminam

Passaram-se as águas de março e algumas lágrimas já secaram. Mas sua marca ainda está presente.

Quem não se lembra da tragédia do Bumba? Centenas de pessoas que na ausência do Estado fizeram suas casas sem saber em cima de um antigo lixão que acabou explodindo. Essa tragédia já tem 2 anos e até hoje tem 303 desabrigados morando em abrigo, como mostra reportagem do G1.

O abrigo é em São Gonçalo e as famílias ficaram distantes de onde moravam e são obrigadas a gastar mais para se deslocar para o trabalho, para visitar ex-vizinhos ou familiares que moravam na mesma região e ainda sofrem porque as escolas públicas no entorno do abrigo não aceitam seus filhos. Isso porque oficialmente são moradores de outra cidade. Os postos de saúde também só aceitam quem é do mesmo município.

A mesma matéria mostra que somando-se os desabrigados pela chuva de 2010 em Niterói há 3.100 famílias esperando por um lar. A dona de casa Lúcia Regina, moradora do abrigo com a avó, 2 filhos e 1 neto desabafa: "Aqui tem gente que perdeu a autoestima, se perdeu. Pessoas que perderam sua identidade, pessoas que tinham uma estrutura emocional que já não têm mais. Eu acho que eles (governantes) estão mais usando a gente para se promover, para em um momento de eleição, campanha, dizer "eu fiz isso" "eu fiz aquilo". Nós não somos cobaias, nós queremos respeito e dignidade. Me trate como um ser humano, não como bicho. Aqui as pessoas estão com a mente vazia, a vida ficou parada, estão sem certeza, perdeu o seu lar. Acho que o abrigo está sendo uma fábrica de delinquentes. Eles (governantes) estão facilitando. Se já tivessem dado as casas, muita coisa não estaria acontecendo"

Há alguns meses eu passei pelo local da tragédia em Teresópolis e a situação era terrível. De lá pra cá já passaram 3 prefeitos na cidade e nos locais mais atingidos parece que o desastre foi ontem. Pior do que isso: ontem houve mais um desastre lá: A chuva fez mais mortos, feridos e desabrigados. Os números iniciais confirmam oficialmente 5 mortos e 414 desabrigados.

Será que um dia vamos conseguir a maturidade política necessária para acabar com esses desastres?

Revistas semanais parte 1 - O bicho


Acho que a coisa já está no ventilador. E estou torcendo para ligarem.

Só fico impressionado como a revista Veja, que se diz bastião da honestidade e imparcialidade, não denuncia esse esquema, que tem na cabeça o DEM - partido descendente da ARENA dos militares e que a revista apóia descaradamente. Ponto para a Época, revista que geralmente não passa de uma revistinha semanal de auto-ajuda das organizações Globo.

A Carta Capital, por outro lado, é uma revista muito boa. Mostra os escândalos e não esconde que tem uma opinião. Não se priva de falar de todos os temas, mas da maneira dela sempre blindando o PT.

Veja as capas dessas 3 revistas semanais e leia trechos da reportagem que saiu hoje no site da revista Época e que deve se aprofundar até a edição impressa do final de semana:


Numa das ligações captadas, Cachoeira orienta Demóstenes a aproveitar um convite para trocar o DEM pelo PMDB, com o propósito de se juntar à base de apoio do governo e se aproximar da presidente, Dilma Rousseff. “E fica bom demais se você for pro PMDB... Ela quer falar com você? A Dilma? A Dilma quer falar com você, não?”, pergunta Cachoeira. Demóstenes responde: “Por debaixo, mas se eu decidir ela fala. Ela quer sentar comigo se eu for mesmo. Não é pra enrolar”. Cachoeira se empolga: “Ah, então vai, uai, fala que vai, ela te chama lá”. Como se fosse um bom subordinado, Demóstenes acata a recomendação.

Demóstenes estava em plena negociação com caciques do PMDB, como os senadores Renan Calheiros e José Sarney, para mudar de legenda. Um dos maiores opositores do governo – e carrasco de petistas acusados de corrupção – tencionava aderir ao governo do PT. Segundo dirigentes do PMDB, àquela altura a mudança de partido já tinha o aval do Palácio do Planalto. Tudo nos bastidores, porque em público Demóstenes continuava oposicionista.

O plano de Cachoeira de se aproximar do governo deu errado. Demóstenes, ao que tudo indica, ficou com receio de acabar alijado do Congresso. Ele estava convencido de que a cúpula do DEM pediria à Justiça a cassação de seu mandato por infidelidade partidária.

Cachoeira, quando ainda em liberdade, tinha outro projeto concreto, além da aproximação de Dilma. Sua intenção era conseguir apoio do PMDB para que Demóstenes chegasse um dia a ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Seria um ativo inestimável para suas atividades.

Demóstenes foi levado, pela cúpula do DEM, a deixar o partido, na terça-feira. Por muitos anos, ele foi uma importante fonte de credibilidade e votos para a legenda. Agora, Demóstenes tenta retardar seu processo no Conselho de Ética do Senado. Conversou com o presidente da Casa, José Sarney, e com o líder do PMDB, Renan Calheiros. A presidência do conselho está vaga, e ninguém quer a posição. Os três conselheiros do PMDB – Renan Calheiros, Edison Lobão Filho e Romero Jucá – já foram protagonistas de escândalos. “Me deixa fora dessa!”, diz Lobão Filho. “Me botaram lá no conselho contra a minha vontade.”

Cachoeira pediu a Demóstenes para interceder no STF para Marcelo Miranda assumir como senador.

A reportagem completa aqui.

Brasileiros são vítimas do medo (dos outros)

Um estudante paulista de 21 anos foi morto por policiais na madrugada de sábado em Sydney, na Austrália. Segundo informações da imprensa australiana, a polícia abordou o jovem por suspeitar que ele roubara um pacote de bolachas em uma loja de conveniência. Como o jovem não teria parado, seis agentes usaram armas que dão choque e acabaram matando-o. Os amigos do rapaz, no entanto, dizem ele foi confundido com o ladrão e que o caso se parece com o de Jean Charles.


O brasileiro estava voltando para casa depois de passar a noite e parte da madrugada com colegas, quando foi abordado pelos policiais no centro de Sydney. De acordo com o produtor de eventos Daniel Silva, de 31 anos, amigo do estudante que também vive em Sydney, todas as lojas de conveniência têm câmaras de segurança, o que poderia provar que o brasileiro não roubou o biscoito. Ele questiona os motivos pelos quais a polícia australiana ainda não divulgou as imagens nem o nome do amigo morto, que estava há seis meses em Sydney estudando inglês.


A irmã da vítima, que é casada com um australiano e mora no país, só soube do acidente após procurar a polícia para registrar o desaparecimento do jovem. A polícia também não esclareceu como o rapaz morreu com as armas de choque, usadas apenas para mobilizar suspeitos.


O jornal australiano “The Sydney Morning Herald” publicou em sua página na internet o depoimento de uma testemunha que diz que o jovem estava sem camisa, de mãos vazias e gritava “me ajuda”, quando foi atingido pelo choque. Ainda segundo o jornal, o brasileiro caiu no chão e os policiais pularam no seu corpo em convulsão. A arma de choque foi usada mais três vezes. O jovem gritava e se debatia, de acordo com o relato.

- Esse é o ponto em que a gritaria parou. Eu pensei que ele tinha desmaiado – disse a testemunha ao jornal.


Ainda de acordo com Daniel, o amigo tinha boa condição financeira e não precisaria roubar um pacote de biscoito. Ele diz também que, pelo tipo físico, ele não conseguiria oferecer qualquer resistência aos policiais.

- Provavelmente, ele devia estar desesperado vendo os policiais correndo atrás dele – disse Daniel, sobre o motivo pelo qual o amigo não teria parado diante do pedido dos agentes.


Em outra reportagem, o “The Sydney Morning Herald” diz que a polícia já tinha avisado à família do jovem no Brasil sobre a morte, mas que a identificação formal ainda não tinha ocorrido. As autoridades disseram que uma autópsia e exames toxicológicos serão realizados para revelar se drogas ou álcool desempenharam algum papel na conduta do jovem.


Comissário assistente da polícia de Sydney, Mark Walton disse entrevista coletiva que os agentes não podiam ter certeza se o brasileiro estava ou não envolvido no roubo.

- Não está claro quanto ao envolvimento do homem - disse.


Walton afirmou ainda que não poderia dizer se o jovem estava armado ou sob efeitos de drogas ou álcool.

- Nós não sabemos o que causou a morte deste homem. Isso será uma questão para o inquérito e médico legista – completou.


A vítima, que também tem cidadania italiana, morava com amigos, perto da casa da irmã. Agora, os amigos organizam uma passeata na quarta-feira para protestar contra a morte do brasileiro.

- Ele estava na hora errada, no lugar errado, igual ao menino de Londres – afirmou o produtor de eventos, referindo-se ao brasileiro Jean Charles de Menezes, o brasileiro morto por engano, em 2005, numa operação antiterror em Londres.



Fonte: O Globo

Grande país laico

Alguém ensine aos nossos deputados o significado de Estado Laico. Em pouco mais de 20 anos passamos de Fafá de Belém cantando o hino nacional para isso que está no vídeo abaixo.








Parece piada, mas eu considero o caso muito sério. O vídeo é do meio do ano passado e ninguém falou nada. Não houve repercussão. Há poucos anos o ex-governador Garotinho instituiu o ensino religioso em todas as escolas públicas do estado do Rio. Alguns jornalistas tentaram fazer algum barulho em vão. Para quase todo mundo falar algo contrário à imposição evangelizadora é "pecado mortal".

Esse vídeo agora é de segunda-feira. Dia de sessão solene pelo aniversário de 14 anos da Igreja Mundial do Poder de Deus




Daí o resto da história estamos vendo no nosso cotidiano; ministros pedem desculpas aos evangélicos porque os desagradaram, impasses políticos para votação de leis, bancada religiosa contrária aos Direitos Humanos, evangélicos barrando votação de outros parlamentares por estes serem gays...

Repare que neste blog eu baseio minha opinião sempre em notícias. Não por medo de expressar minha opinião. Mas para embasar os argumentos. Quem tem medo fica quieto. Os congressistas religiosos são fortes politicamente porque todos tem medo!

Agora parece que a bancada evangélica quer incluir na Constituição que o Brasil é um país "cristão".

"Todas as religiões prometem uma recompensa [...] pela excelência de propósitos ou do coração, mas nenhuma pela excelência do cérebro ou do discernimento." Schopenhauer









Aula

Aulinha de história do Samba, com Sílvio Caldas:

Vídeo do Carnaval

Pra quebrar um pouco a seriedade que tomou conta dos últimos posts preciso mostrar a você o videozinho que eu fiz no carnaval! É que vídeo não é só um trabalho pra mim. É também uma paixão. Assim como o carnaval. Por isso fui de câmera na mão para os blocos e depois editei um clipe com imagens curiosas, fantasias engraçadas, amigos...

E depois o vídeo foi difundido nas redes sociais por pessoas que encontravam seus amigos e colocavam nos murais deles no Facebook, além de ter parado em um blog interessante sobre o Rio de Janeiro, o DiáriodoRio.com

Divirta-se. A idéia é que você se sinta no bloco. E mande o link para os amigos que encontrar no vídeo!

https://vimeo.com/pasargada/carnaval2012

Os Anonymous estão chegando

Texto retirado do site Your Anon News Brazil, do grupo Anonymous.



Aos cidadãos do Rio de Janeiro.

Olá cidadãos, mas hoje a mensagem se destina a nossos governantes e em especial aos do Rio de Janeiro.

Temos visto em todos os estados da União reajustes, muitas vezes acima da inflação, das tarifas de transporte público. Isso é inaceitável visto que esses reajustes não se
justificam em nenhum momento.

No Rio de Janeiro todos os transportes sofreram reajustes, alguns maiores e outros menores. SuperVia (Odebrecht Transport Participações S.A.), ônibus (Fetranspor),
Metrô (Grupo Invepar – Investimentos e Participações em Infra-Estrutura S.A) e a Barcas S.A. tiveram esses reajustes injustificáveis.

O reajuste em nenhum destes grupos empresariais se justifica além do fato de estarmos em ano eleitoral e se pensarmos no financiamento privado de campanhas tudo começa a
soar melhor e mais coerente. Mas o povo não deve pagar essa conta!

Dos reajustes o mais absurdo foi o da Barcas S.A. que foi de mais de 60%, onde isso pode se justificar? Justifica-se em redução de liquides de mercado, uma vez que essa
empresa estaria para ser vendida para o grupo CCR. Mas nenhum desses reajustes haveria ocorrido sem o aval de um seleto grupo de pessoas; Deputados Estaduais do Rio de Janeiro.

Senhores e senhoras, deputados e deputadas; esquecem que tem de servir aos interesses do povo e não aos interesses das empresas privadas? Esquecem que nós, cidadãos e contribuintes, que
somos nós seus reais patrões? Sofremos diariamente em transportes que não garantem minimamente pela nossa dignidade e ainda temos de pagar preços absurdos como o Metrô mais caro do Brasil,
por exemplo? Não, algo está muito errado!

Por todos esses motivos estamos disponibilizando para todos os cidadãos TODOS OS DADOS DE CONTATO DOS SENHORES E DE SEUS ASSESSORES para que o cidadão possa reclamar diretamente com vocês,
nossos empregados!

Unidos como UM, divididos por Zero
Somos uma legião, estamos em seus gabinetes
Não esquecemos
Não perdoamos
Esperem por nós.

ANONYMOUS BRASIL

**********************************************************************************************************************************************************************************************************************

Alexandre Corrêa (1º mandato)

Partido: PRB
Gabinete: 309
Telefone: 2588-1348 Fax: 2588-1130
Celular: 7837-9691
TWITTER: não tem
E-mail: alexandrecorrearj@gmail.com
Chefe Gabinete: Dr. Anderson Ferreira Pinto (7814-9413) andersonpintoadv@gmail.com
Assessor de imprensa: Vera Lea Camelo / 7835-0563 ( vleacamelo@gmail.com)
Secretária: Janete (7837-2537)
Origem: Rio de Janeiro
Formação: Teólogo
Área de atuação: social
Comissões:
Informações complementares: Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. 3° suplente da mesa Diretora.


André Ceciliano (2° mandato)

Partido: PT
Gabinete: 205
Telefone: 2588-1362 / 1735 / 1736 Fax: 2588-1124
Celular: 9925-7847
TWITTER: @andrececiliano
Deputadoandrececiliano.com.br
E-mail:andreclc@gmail.com
Facebook: Andre Ceciliano
Orkut: Andre Ceciliano
Flickr: Andre Ceciliano
Chefe de Gabinete: Marcos Antunes (mantunes@alerj.rj.gov.br) 8890-4683
Assessor: Ana Paula Pereira Alves (anaariam@hotmail.com) 9372-9415
Origem: Japeri / Nilópolis
Formação: direito
Área de atuação: saúde publica e mental, e educação
Comissões: vice-presidente da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional; vice-presidente da Comissão de Indicações Legislativas; membro efetivo da Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais; membro efetivo da Comissão de Defesa do meio Ambiente;membro efetivo da Comissão de Saneamento Ambiental; membro efetivo da Comissão de Turismo; membro efetivo da Comissão de Normas internas e Proposições Externas; membro efetivo da Comissão de Ciência e Tecnologia, membro suplente da Comissão de Agricultura
Informação complementares:ex-prefeito de Paracambi por 2 mandatos (a partir de 2000), deputado em 98, e empresário.


André Correa (4º mandato)

www.andrecorrea.com.br
Partido: PPS
Gabinete: 501
Telefone: 2588-1280 Fax: 2588-1634/2588-1165
Celular: 9925-9467/ 2136-7445 (res)
TWITTER: @depandrecorrea
E-mail: Andrecorrea@andrecorrea.com.br
Facebook: André Correa 23123
Chefe Gabinete: José Antonio Wermelinger (9648-3129 / 9374-9600) josewermelinger@ig.com.br / joseantonio@andrecorrea.com.br
Assessor: Roberto Silveira (9878-8915) roberto@andrecorrea.com.br
Origem: Valença.
Formação: formado em Administração de Empresas pela PUC-Rio, com pós-graduação em Administração Financeira (PUC-Rio) e mestrado em Administração Pública pela FGV
Área de atuação: Saneamento, meio ambiente e desenvolvimento econômico.
Comissões: membro efetivo da Comissão de Constituição e Justiça; membro efetivo da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização Financeira e Controle; membro efetivo da Comissão de Defesa Civil; membro efetivo da Comissão de Defesa do Consumidor; membro efetivo da Comissão de Legislação Constitucional, Complementar e Códigos; membro efetivo da Comissão de Saúde.
Informações complementares: Vice-líder do PPS na Alerj. Eleito em 1992 como vereador mais votado do município de Valença. Em 1999, assumiu a secretaria de estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do estado do Rio até 5 de abril de 2002. Co-autor do livro “Em Defesa da Vida”, do sociólogo Luiz Eduardo Soares. Coordena a Frente Parlamentar da Micro e pequena empresa na Alerj.


André Lazaroni (3º mandato)

www.andrelazarone.com.br
Partido: PMDB
Gabinete: 311
Telefone: 2588-1328/1659 Fax: 2588-1644
Celular: 7825-8504/ 7506-1161/ 2274-3160 ( res)
TWITTER: @andrelazaroni
E-mail: agenda@andrelazaroni.com.br
Facebook / Orkut: André Lazaroni
http://www.facebook.com/home.php#!/andrelazaroni
Chefe Gabinete: Manoel Gonçalves (7819-7011) gonçalvesx@uol.com.br ou goncalver@andrelazaroni.com.br
Assessor de imprensa: Paula Peltier - 7840-5969 (peltier.paula@gmail.com) ou Simone Menezes -7255-1367 ( simone@andrelazaroni.com.br)
Origem: capital RJ
Formação: Direito, especializado em direito ambiental.
Área de atuação: Meio Ambiente
Comissões: vice-presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente; vice-presidente da Comissão de Redação; membro efetivo da Comissão de Constituição e Justiça; membro efetivo da Comissão de Economia, Indústria e Comércio; membro efetivo da Comissão de Educação; membro efetivo da Comissão de Segurança pública e assuntos da polícia; membro efetivo da Comissão de servidores Públicos.
Informações complementares: Líder do PMDB na Alerj. Segundo vice-líder do Governo. Em 2006 foi presidente da Comissão de Obras da Alerj. Presidiu a CPI de Crimes Ambientais no primeiro semestre de 2007. Autor do livro: “Defenda-se: um manual de cidadania”, da editora Entrelinhas.


Aspásia (1º mandato)

Partido: PV
Gabinete: 502
Tel: 2588-1646 Fax: 2588-1645
Celular: 9561-3837
Site: aspasiacamargo.com.br
TWITTER: @aspasiacamargo
E-mail: aspasiacamargo@uol.com.br
Chefe Gabinete: Lúcia Maggio (l.maggio@hotmail.com) 7818-2644
Assessor: Sônia Toledo (8781-6078 /2235-5039) (soniatoledo@gmail.com)
Origem: Rio de Janeiro
Formação: socióloga
Área de atuação: Região metropolitana, meio ambiente, saneamento, desenvolvimento regional, sustentabilidade, indústrias coletivas
Comissões: presidente da Comissão de Saneamento Básico; membro efetivo da Comissão de Cultura;
Informações complementares: pretende privilegiar o estabelecimento de metas de redução de gases poluentes para o estado à semelhança da lei de Mudanças Climáticas do Município do Rio de Janeiro, de sua autoria. Ela apoia o soerguimento da estrutura produtiva do estado com ênfase nas indústrias criativas, a partir de um estado totalmente digital com banda larga para todos, valorizando a Economia da Cultura.


Átila Nunes (11° mandato)

Partido: PSL
Gabinete: 308
Tel.: 2588-1296 / 2588-1071 / 2588-1131 Fax: 2588-1685
Celular: 9177-3953
TWITTER: @depatilanunes
http://www.atilanunes.com.br/
E-mail: atilanunes@atilanunes.com.br
Chefe de gabinete: Hipólito Filho (hipolito.filho@terra.com.br ) 9462-5299
Assessor: Renata Maia 3282-5146 ( renatamaia2@gmail.com)
Origem: Rio de Janeiro
Formação: jornalista e advogado
Área de atuação: defesa do consumidor e intolerância religiosa
Comissões: presidente da Comissão de Defesa do Meio Ambiente; vice-presidente da Comissão de combate ás discriminações e preconceitos de raça, cor, etnia, religião e procedência nacional; membro efetivo da Comissão de Constituição e Justiça;
Informações complementares: deputado com mais mandatos no currículo


Bebeto (1º mandato)

Partido: PDT
Gabinete: 509
Tel: 2588-1264 / 2588-1216 Fax: 2588-1604
TWITTER: @bebetotetra94
http://www.bebetotetra.com.br/
Chefe Gabinete: Ana Helena (anahrc@gmail.com )
Assessor: Denise (7836-8877) Denise.bebeto@hotmail.com
Secretária: Maria Alice (mariaefernanda@hotmail.com )
Origem: Rio de Janeiro
Formação:
Área de atuação: esporte
Comissões: membro da Comissão Especial para Acompanhar investimentos do Governo Federal.
Informações complementares: 2° suplente da mesa Diretora; ex-jogador de futebol


Bernardo Rossi (1º mandato)

Partido: PMDB
Gabinete: 511
Tel: 2588-1682 Fax: 2588-1122
Celular: (24) 8818-1142
Chefe Gabinete: Flávio Rabelo (24)8812-4812 / (24)9228-2207 / (24)9917-9016
TWITTER: @Bernardo_Rossi
E-mail: bernardorossi@bol.com.br
Assessor: Estela Maria dos Santos Siqueira ( estela_siqueira@yahoo.com.br ) (24) 9818-6386) / Rodrigo Bueno (24) 9253-6867 (rtbueno@alerj.gov.rj.br / bueno18@hotmail.com )
Origem: Petrópolis
Formação: Direito
Área de atuação: Educação
Comissões: vice-presidente da Comissão de Emendas Constitucionais e Vetos; membro efetivo da Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais; membro efetivo da Comissão de Defesa Civil; membro efetivo da Comissão de Educação; membro efetivo da Comissão de Segurança Alimentar; membro efetivo da Comissão de Redação, membro suplente da Comissão de Agricultura .
Informações complementares: vereador de Petrópolis por dois mandatos, onde foi presidente da Casa.


Bruno Correia (1º mandato) Posse em 17/05/11 no lugar do Márcio Panisset que saiu para assumir a Sc.M.de Saúde de São Gonçalo.
Partido: PDT
Gabinete:104
Telefone: 2588-1239/1592
Celular: 7835-3790
Chefe de Gabinete: Gisele 7848-3949 (gadsilva@alerj.rj.gov.br)
Assessor: Marcelo Holanda (8440 -7208) marcelo.hollanda@hotmail.com
Blog: http://deputadobrunocorreia.blogspot.com/
Twitter: @deputadobruno
Origem: São João de Meriti
Formação: Publicitário
Comissões: presidente da Comissão de Saúde, membro efetivo da Comissão de Política Urbana, Habitação e Assuntos Fundiários.
Informações complementares: ex-secretário Municipal de Saúde de São João de Meriti.


Cidinha Campos (4º mandato)

Partido: PDT
Gabinete: 506
Telefone: 2588-1655 / 1316 / 1175 / 1752 / 1059 fax: 2588-1656
Celular: 9636-1075- 7842-4655/ Res.: 2431-2052
TWITTER: @cidinhacampos
http://www.cidinhacampos.com.br/0„142,00.html
E-mail: Cidinha@cidinhacampos.com.br
Chefe de Gabinete: Woltair Simei Lopes (lê-se Voltaire) - 7837-7239 - woltair@gmail.com
Assessor: Woltair (7837-7239) woltair@gmail.com
Outros telefones importantes: Clara (Codecon) 8106-8443 e Michael (Ônibus do Consumidor) 9411-9526
Origem: Nasceu em São Paulo; tem votos em todo Grande Rio
Formação: Pianista pelo Conservatório Dramático Musical de São Paulo.
Área de atuação: Defesa do consumidor
Comissões: presidente da Comissão de Defesa do Consumidor
Informações complementares: Apresentadora de um programa diário na Band. Atriz, apresentadora e radialista. Na Alerj, é 2° Vice-Líder do PDT. Deputada Federal por dois mandatos (1991/1995 e 1995/1999). Foi relatora da CPI da Previdência e da CPI dos Fundos de Pensão na Câmara Federal. Na Alerj, presidiu a CPI da Previdência e foi sub-relatora da CPI da Arrecadação em 2007.


Comte Bittencourt (3º mandato)

Partido: PPS
Gabinete: T-02
Telefone: 2588-1346/ Fax: 2588-1128
Celular: 9982-7234
Disque Educação: 0800-28 21 559
E-mail: comte@comte.com.br, comtebittencourt@alerj.rj.gov.br
TWITTER: @Comte_educacao
http://comte.com.br/
Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100001384767057
Flickr: http://www.flickr.com/photos/comtebittencourt/
http://www.youtube.com/user/comtebittencourt
Chefe Gabinete: Willian Romanhol – 9981-5290- willianmor10@ig.com.br
Assessor de imprensa: Márcia Porto - 9500-6441/ marciaportobrandao@yahoo.com.br,
Origem: Niterói
Formação: Química (professor)
Área de atuação: Educação
Comissões: presidente da Comissão de Educação; vice-presidente da Comissão de Turismo; membro efetivo da Comissão de Cultura;
Informações complementares: Líder do PPS na Alerj; foi vice-prefeito em Niterói, em 2006. Presidente do diretório estadual do PPS. Foi vereador por três mandatos. De 2001 a 2002 foi presidente da Câmara de Niterói. Secretário Municipal de Educação (1998/2000).


Coronel Jairo (3º mandato)

www.coroneljairo.com.br
Partido: PSC
Gabinete: 207
Telefone: 2588-1278 / 1681 / 1151 Fax: 2588-1620
Celular: 9981-4234/ 7836-4820 /Res.: 3331-3891/4972/ Com.: 2425-0168
E-mail: coroneljairo@alerj.rj.gov.br
http://www.jairinho.com.br/jairo/realizacoes.asp
Chefe de gabinete: Coronel Carlos Meireles coroneljairo@alerj.rj.gov.br Cel: 9631-0328
Assessor: Gabriel Oliven - 8123-5296 (goliven@br.inter.net)
Graça Melo 9972-6338
Assessor de plenário: Hernande 7888-3689
Origem: Zona Oeste
Formação: Direito e Administração
Área de atuação: Segurança Pública
Comissões: presidente da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização Financeira e Controle; membro efetivo da Comissão de Segurança Pública e Assuntos da Polícia; membro efetivo da Comissão de Esporte e Lazer;
Informações complementares: Advogado, Radialista e Policial Militar da reserva. Autor da lei 4.331/04 que obriga a instalação de circuito interno em casas noturnas; da lei 4.538/05, que instituiu a ouvidoria da educação e da Lei 5.160/07, que prevê a criação do Programa Maternidade Cidadã. É autor do livro “Pedaços da Vida”.


Dionísio Lins (2º mandato)

Partido: PP
Gabinete: T-01
Tel: 2588-1200 / 2588-1585 Fax: 2588-1586
Celular: 9988-7360/ 7896-1813- Res.: 2482-2374
www.dionisiolins.com.br
E-mail: dionisiolins@alerj.rj.gov.br
Orkut: Dionísio Lins
Chefe Gabinete: Dr. Nelson
Assessor: Carlos Pitombeira (cpitomba@gmail.com) 9356-4510/7855-0640
Origem: região da Leopoldina, Irajá e Madureira.
Formação: Administração
Área de atuação: Saúde e Defesa do Consumidor
Comissões: presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia; presidente da Comissão de Emendas Constitucionais e Vetos; vice-presidente da Comissão de Transportes; vice-presidente da Comissão de Economia, Indústria e Comércio; membro efetivo de Orçamento, Finanças, Fiscalização financeira e Controle; membro efetivo da Comissão de Defesa do Consumidor; membro efetivo da Comissão de Servidores Públicos
Informações complementares: Líder do PP na Alerj; foi vereador do Rio de Janeiro de 2004 a 2006 e presidente do Instituto de Pesos e Medidas de 2003 a 2004.


Edson Albertassi (4º mandato)

Partido: PMDB
Gabinete: 303
Tel: 2588-1312 Fax: 2588-1111
Celular: (24) 9277-9995/ (24) 3339-2094 ( escritório)/ Res.: (24) 3346-8182
E-mail: edsonalbertassi@alerj.rj.gov.br / edsonalbertasssi@radio88fm.com/edsonalbertassi@gmail.om
www.edsonalbertassi.com.br
Chefe de Gabinete: Ricardo Pinto (ricardogoncalvespinto@gmail.com) (24) 9266-0540
Assessor: Luigi (7893- 4394/ 7865-2592) l.troisi@uol.com.br / Guilherme Costa (8176-3306) guilhermecosta2007@yahoo.com.br Sandra Maria /(24) 3338-8820
Origem: Volta Redonda (Região Sul-fluminense)
Formação: Ensino Médio
Área de atuação: orçamento e assistência ao dependente químico
Comissões:
Informações Complementares: 1° vice-presidente da mesa Diretora; Vereador no Município de Volta Redonda em 1997; Foi líder do PSB; Membro do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. É dono da rádio 88FM (evangélica) em Volta Redo


Geraldo Moreira (4º mandato)

Partido: PTN
Gabinete: 103
Tel: 2588-1027 / 1596 / 1443 Fax: 1201
Celular: 7895-1237
E-mail: geraldomoreira@alerj.rj.gov.br
Chefe de gabinete: Monique Prazeres - 8890-4614
Assessor: Júnior- lcprazeres@yahoo.com.br/ 7856-5534
Origem: Duque de Caxias
Formação: Pedagogia
Áreas de atuação: Direitos Humanos
Comissões: membro efetivo da Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira; membro efetivo da Comissão de Ciência e Tecnologia.
Informações complementares: Vereador em Duque de Caxias de 1989 a 1999; Presidente do diretório do PDT de Duque de Caxias (1995 a 2001); Assessor chefe de Gabinete do então Secretário Estadual de Transportes Brandão Monteiro (1984); Secretário Municipal de Transporte de Duque de Caxias (1986); Membro da Primeira diretoria do MUB (Movimento de União de Biros);


Gerson Bergher (4º mandato)

Partido: PSDB
Gabinete: T-09
Tel: 2588-1222
Celular: 7895-1237
E-mail: gersonbergher@globo.com, gersonbergher@alerj.rj.gov.br,
http://www.gersonbergher.com.br/
Chefe Gabinete: Sá Freire gersonbergher@alerj.rj.gov.br (9477-9158) /
Otavio ( pnetto2000@gmail.com)
Assessor: sem assessor
Origem: Rio de Janeiro
Formação: Médico psiquiatra
Área de atuação: Políticas públicas
Comissões:
Informações complementares: 3º secretário da mesa Diretora da Alerj; é ex-vereador do Rio de Janeiro e marido da vereadora Teresa Bergher, do Rio de Janeiro. Já foi presidente da Câmara do Rio. Foi deputado do antigo estado da Guanabara em 1960. Tem programa de TV “Eu e Você”, na CNT aos domingos.


Graça Matos (3º mandato)

Partido: PMDB
Gabinete: 505
Telefone: 2588-1233/ 1192 (gabinete)/1416 (1ª Secretaria) Fax: 2588-1192 (1ª Secretaria)
Celular: 8119-0482/ Res.: 2712-7946
E-mail: gracamatos@alerj.rj.gov.br
Chefe Gabinete: Alexander Marques - 9608-0698 alexandermarques@alerj.rj.gov.br
Assessor: Sandra Figueiredo (9775-6432) sandrafigueredo@terra.com.br/ Alex Alves colunaalex.alves@ig.com.br (8223-1092/7833-6317)
Origem: São Gonçalo
Formação: professora de nível médio
Área de atuação: saneamento, saúde e educação.
Comissões: nenhuma
Informações complementares: 2ª Secretária da mesa diretora da Alerj.


Gustavo Tutuca (1º mandato)

Partido: PSB
Gabinete: 211
Tel: 2588-1318
Celular: (24) 9911-9900/ (24) 7835-5336
E-mail: gustavotutuca@hotmail.com
Chefe Gabinete: Ricardo Soares Dias (24) 9833-2743- ricardotutuca2011@hotmail.com
Assessor de imprensa: Pablo de Freitas - (21) 7873-4513 - pablofredias@gmail.com
Assessor social: Gabriel - (24) 9999-1584 / (21) 7728-3315- gfesantos@alerj.rj.gov.br
Origem: Piraí
Formação: analista de sistema
Área de atuação: ciência e tecnologia
Comissões:
Informações complementares: 4° suplente da mesa diretora da Alerj. Graduado em informática e pós-graduando em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas. Deixou o cargo de secretário de Governo do município de Piraí para candidatar-se a pela segunda vez a deputado estadual.


Inês Pandeló (3º mandato)

www.inespandelo.com.br
Partido: PT
Gabinete: 202
Telefone: 2588-1241 Fax: 1601
Celular: (24) 8834-0013
E-mail: inespandelo@inespandelo.com.br / inespandelo@alerj.rj.gov.br
Twitter: @inespandelo
Facebook: Inês Pandeló
Chefe de Gabinete: Leila Cristina- 8080-3113 ( inespandelo@alerj.rj.gov.br)
Assessor: Érika Junger (9803-2598) erikajunger@gmail.com; Jane Portella (24)7834-6484 ( janeportella@oi.com.br e jane@inespandelo.com.br ) Natália Azevedo (7855-8307)
Origem: Minas Gerais/ Barra Mansa
Formação: Jornalismo, com Pós-graduação em História
Área de atuação: Defesa dos direitos da mulher, juventude, desenvolvimento do interior.
Comissões: presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher; vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça; membro efetivo da Comissão de Assuntos da Criança, Adolescente e do Idoso; membro efetivo da Comissão de Combate às Discriminações e Preconceitos de Raça, Cor, Etnia, Religião e Procedência Nacional.
Informações complementares: Líder do PT na Alerj. Foi vereadora de Barra Mansa em 1992. Em 1996 foi eleita prefeita de Barra Mansa.


Iranildo Campos (3º mandato)

Partido: PR
Gabinete: 404
Celular: 9627-8888/ Res.: 2421-5351
Telefone: 2588-1206/1609/1610/ ramal do deputado:1030
E-mail: iranildocampos@alerj.rj.gov.br/ iranildocampospr22@hotmail.com
Iranildocampospr22@hotmail.com
Chefe de Gabinete: José Onofre – 8890.4672 – onofre.7@hotmail.com
Assessor: Aline Vitelbo da Siva aline.vitelbo@ig.com.br (7821-4173)
Origem: Rio de Janeiro, mas com atuação em São João de Meriti
Formação: Direito. É policial militar da reserva.
Área de atuação: Crianças e idosos
Comissões: membro efetivo da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos
Informações Complementares: Líder do PR. Em São João de Meriti foi vice-prefeito, secretário municipal de Governo, de Obras, de Urbanismo, de Meio Ambiente e de Saúde.


Jânio Mendes (1° mandato)

Partido: PDT
Gabinete: 504
Telefone: 2588-1629 / 1628 / 1045 / 1274
Celular: 9896-1266
e-mail: janiomendes@alerj.rj.gv.br / janiosmendes@uol.com.br
janiomendes.com.br
TWITTER: @janiomendes
Facebook: Janio Mendes
Chefe de Gabinete: Fabio Lemos (22) 9932-5994 -(fabiolemos12@ig.com.br)
Assessor: Roberta Moraes (22) 9228-0313 { imprensa@janiomendes.com.br }
Origem: Cabo Frio
Formação: direito, letras e pós-graduação em direito pública
Área de atuação: educação e turismo
Comissões: presidente da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional; vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania.
Informações Complementares: vereador de cabo frio por 4 mandatos, ex-secretário de Finanças do Município de Búzios (2010), ex-secretário de Habitação do Município de Cabo Frio (92/96).


João Peixoto (4º mandato)

Partido: PSDC
Gabinete: 306
Chefe Gabinete: Marilena de Fátima - 9927-4269
Telefone: 2588-1354 / 2588-1475 Fax: 2588-1599
Celular: (22) 9984-8440/ ( 22) 9861-9814/ 2725-1636 (res)
E-mail: joaopeixoto123@yahoo.com.br / joaopeixoto@alerj.rj.gov.br/
Assessor: Fábio Urbano - (21) 7821-1860/ 9705-5527 - fabiourbano@yahoo.com.br e fabiourbano@alerj.rj.gov.br
Origem: Campos
Formação: 2° grau completo
Área de atuação: Agroindústria
Comissões: vice-presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira; membro efetivo da Comissão de Indicações Legislativas.
Informações complementares: foi vereador em Campos, em 1992. Secretário de Agricultura de Campos (2004), Presidente do Sindicato dos Taxistas de Campos. É produtor rural e pecuarista. Foi funcionário da fábrica de cachaças Praianinha.


Luiz Martins (1º mandato)

Partido: PDT
Gabinete: T-07
Tel: 2588-1514/1637/1638
Celular: 9986-9020/ 7880-7402
E-mail: lamartins.1@bol.com.br
luizmartins@alerj.rj.gov.br
luizmartins@hotmail.com
Chefe de Gabinete: Sérgio Vitório (7816-6815 / 7121-4130) / Daniel Albertto (7820-6692) danibarbetto@hotmail.com
Assessor: Anna Carolina(9137-3334)anna@deputadoluizmartins.com.br/anacarolianfernades1@hotmail.com
Origem: Nova Iguaçu
Formação: administração
Área de atuação: defesa civil
Comissões: vice-presidente da comissão legislação constitucional complementar e códigos; membro efetivo da Comissão de Defesa Civil; membro efetivo da Comissão de Economia, Indústria e Comércio; membro efetivo da Comissão de Saneamento Ambiental; membro efetivo da Comissão de Transportes; membro efetivo da Comissão para Prevenir e Combater a Pirataria no Rio; membro efetivo da Comissão de Prevenção ao uso de Drogas e Dependentes Químicos em Geral; membro efetivo da Comissão de OPrçamento, Finanças, Fiscalização Financeira e Controle; membro efetivo da Comissão de Segurança Pública e Assuntos da Polícia.
Informações complementares: foi assessor da ex-deputada estadual Sheila Gama


Márcio Pacheco (1º mandato)

Partido: PSC
Gabinete: 313
Tel.: 2588-1204/1631
Celular: 7834-3387
E-mail: marciopacheco@marciopacheco.com.br / mp010@terra.com.br
Twitter: @marciopacheco_
www.marciopacheco.com.br
Chefe Gabinete: Fabiano Machado (7814-4671) fx007@terra.com.br
Assessor: Viviane de Santana Mariano (vivimariano@gmail.com) 7164-5453
Origem: Rio de Janeiro
Formação: Direito
Área de atuação: defesa dos direitos das pessoas portadoras de deficiência
Comissões: presidente da Comissão de Defesa da PPD; vice-presidente da Comissão de Prevenção ao uso de drogas e dependentes químicos em geral.
Informações complementares: Cantor evangélico. Mestrado em direito e pós-graduação em políticas públicas. Diretor em 2002 do Detran, com dois mandatos de vereador no Rio (2004/ 2008), e ex-secretário municipal da pessoa com deficiência.


Marcus Vinícius (1º mandato)

Partido: PTB
Gabinete: 206
Tel: 2588-1513/ Fax: 1212
Celular: (24)8139-1414
E-mail: marcusvinicius@alerj.rj.gov.br marcusvinicius@deputadomarcusvinicius.com.br
Facebook: Marcus Vinícius PTB
TWITTER: @mviniciusneskau
www.marcusvinicius.com.br
Chefe Gabinete: Marcus Wilson Vonsehausen (24) 9971-3553- wihausenmarcus@uol.com.br/ marcuswpereira@gmail.com
Assessor: Ricardo Costa (7897-7474)/ ricardomariana@gmail.com comunicação@deputadomarcusvinicius.com.br / ricardomariana@gmail.com/ Rede social: Mônica Ramos (8865-2232) monicaramosrj@yahoo.com
Origem: Petrópolis
Formação: nível médio / corretor de seguros
Área de atuação: defesa do idoso e meio ambiente
Comissões: presidente da Comissão de Servidores Públicos; vice-presidente Assuntos da Criança, do Adolescente e do Idoso; vice-presidente da Comissão de Cultura; vice-presidente da Comissão de Normas Internas e Proposições Externas; membro efetivo da Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais ; membro efetivo da Comissão de Emendas Constitucionais e Veto; membro efetivo da Comissão de Redação.
Informações complementares: suplente de deputado por 1 ano e 2 meses


Nilton Salomão (4º mandato)

Partido: PT
Gabinete: 208
Tel.: 2588-1208 / 1636/1635 Fax: 2588-1635
Celular: 7861-6282
E-mail: gabineteniltonsalomao@gmail.com / niltonsalomao@oi.com.br
TWITTER: @niltonsalomão
Blog: niltonsalomao@blogspot.com
Chefe Gabinete: André Batista (7874-3673) abaptista@alerj.rj.gov.br/ alabaptista@ig.com.br
Assessor: Rogério Siqueiro (7701-6319) siqueiro.rogerio@hotmail.com/ siqueiro.rogerio@gmail.com
Origem: Teresópolis
Formação: ciências contábeis
Área de atuação:
Comissões: vice-presidente da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização Financeira e Controle; membro efetivo da Comissão de Saúde; membro efetivo da Comissão de Política Urbana, Habitação e Assuntos Fundiários; membro efetivo da Comissão de Esporte e Lazer; membro efetivo da Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira;
Informações complementares: entre 2007 e 2010 foi suplente da sua coligação.


Paulo Melo (0º mandato)

Partido: PMDB
Gabinete: 302 – palácio Tiradentes
Telefone: 2588-1350 Fax: 2588-1520
Celular: 9156/5793
E-mail: paulomelo@alerj.rj.gov.br / paulomelo@paulomelo.com.br
TWITTER: twitter.com/paulomeloacao
FACEBOOK: facebook.com/paulomelorj
ORKUT: http://www.orkut.com.br/Main#Community?rl=cpn&cmm=1138492
SITE: http://www.PauloMelo.com.br
BLOG: http://www.paulomelo.com.br/blog-noticias/
Chefe de gabinete: Hamilton Nunes de Oliveira – 22- 7751-3317 pitsaqua@hotmail.com - Presidência Walter Luiz Pinto de Oliveira / 21 2588 1158
Assessor: Luisi Valadão (9311-9733) ou no ramal 1109 lvaladao@alerj.rj.gov.br /luisi.valadao@gmail.com
Origem: Saquarema (Região dos Lagos)
Formação: Ensino Fundamental incompleto - até 5ª série primária
Área de atuação: Direitos humanos, da criança e da juventude e consumidor
Comissões:
Informações adicionais: Foi líder do Governo na Casa. Vereador de Saquarema em 1989. Foi eleito deputado estadual pela primeira vez 1991.


Pedro Fernandes (2º mandato)

www.pedrofernandes.com.br
Partido: PMDB
Gabinete: T-08
Telefone: 2588-1360 Fax: 2588-1613
Celular: 7856-0518
E-mail: pedrofernandesneto@uol.com.br, pedrofernandesneto@alerj.rj.gov.br
Twitter: @DepPFernandes
Chefe Gabinete: João Carlos Mariano – 7852-1575 – jaoacarloscst@terra.com.br
Assessor: Fernanda Moreno ( ramal 1614) nanda.moreno@gmail.com 9837-8924
Origem: Zona Norte Rio (Irajá)
Formação: Odontologia, com pós em políticas públicas no Iuperj.
Área de atuação: saúde e educação
Comissão: vice-presidente da Comissão de Saúde;
Informações adicionais: neto do deputado estadual Pedro Fernandes morto em 2005, e filho da vereadora Rosa Fernandes. Foi subprefeito do Grande Irajá e Penha. Autor da lei 5.138/07, que determina a adaptação dos hospitais particulares para o atendimento a obesos mórbidos/graves.


Rafael do Gordo (1º mandato)

Partido: PSB
Gabinete: 503
Tel: 2588-1324 / 1678
E-mail: rafael.dogordo@hotmail.com
Twitter: @RafaeldoGordo
Site: http://www.rafaeldogordo.com.br/
Facebook: http://www.facebook.com/rafaeldogordo
Youtube: http://www.youtube.com/user/rafaeldogordo
Chefe Gabinete: Alberto Carlos - 7708-9035 (albertoportodiaz@gmail.com)
Assessor: Aline (7829-5948 / 7216-3718) albertoportodias@gmail.com
Origem: São Gonçalo
Formação: estudante de direito
Área de atuação: idosos e jovens
Comissões: presidente da Comissão de Minas e Energia; membro efetivo da Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social; membro efetivo da Comissão de Ciência e Tecnologia.
Informações complementares: ex-vereador de São Gonçalo


Roberto Henriques (1º mandato)

Partido: PR
Gabinete: 411
Tel.: 2588-1245
Celular: (22) 8803-2242
E-mail: robertohenriques12@hotmail.com
robertohenriques@alerj.rj.gov.br
Twitter: @rob_henriques
Chefe Gabinete: Allan Morgado Nacif (7731-4318 / 8777-9245) Allan.nacif@gmail.com
Assessor: Pascoal 9320-4789 telesobrinho@alerj.rj.gov.br
Origem: Campos
Formação:
Área de atuação: Norte e Noroeste
Comissões:
Informações complementares: 4° vice-presidente da mesa diretora da Alerj. Ex-vice prefeito de Campos dos Goytacazes, ex-prefeito interino e ex-secretário de Governo daquele município do Norte fluminense. Em seu primeiro mandato como deputado estadual, Henriques recebeu 32.369 votos.


Robson Leite (1°mandato)

Partido: PT
Gabinete: T-05
Telefone: 2588 1227/1228 Fax: 2588 1647
Celular: 8227-7777
e-mail: robsonleite@alerj.rj.gov.br / contato@robsonleite.com.br
TWITTER: @Robson_Leite
Site: www.robsonleite.com.br
Chefe de Gabinete: Pablo dos Santos Menezes (9954 5646) pablo@robsonleite.com.br
Assessor: : Marcela Baptista (9679 -2441) marcela@robsonleite.com.br
Origem: Rio de janeiro
Formação: professor
Área de atuação: Educação, Cultura e Energia
Comissões: presidente da Comissão de Cultura; vice-presidente da Comissão de Segurança Alimentar; membro efetivo da Comissão da Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania; membro efetivo da Comissão de Educação; membro efetivo da Comissão de Trabalho, Legislação Social e Seguridade Social; membro efetivo da Comissão da Defesa da PPD; membro efetivo da Comissão de Servidores Públicos.
Informações complementares: Foi eleito com mais de 25.000 votos, sendo o terceiro candidato mais votado de meu partido no município do Rio de Janeiro.


Rogério Cabral (2° mandato)

Partido: PSB
Gabinete: 108
Telefone:2588-1237
e-mail: rogeriocabral@alerj.rj.gov.br / rogério.cabral29@yahoo.com.br
Chefe de Gabinete: Edson Lisboa (eclisboa@hotmail.com) (22) 9974-4617
Assessor: Wanderley Portilho- (21) 8789-0608
Origem: Nova Friburgo
Formação: ensino médio
Área de atuação: agricultura
Comissões: presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira
Informações complementares: Tomou posse em 1º de fevereiro de 2007, tendo, entre compromissos prioritários: a melhoria do sistema de saúde em todo o Estado, que inclui a criação de um hospital público estadual e de um centro de tratamento do câncer; a recuperação econômi ca do município de Nova Friburgo, através de medidas destinadas a transformá-lo em pólo turístico, gerando emprego e renda; e o apoio à produção rural familiar, que é necessidade premente e única solução viável para dar um futuro melhor à agricultura fluminense.


Rosângela Gomes (1º mandato)

Partido: PRB
Gabinete: 106
Tel.: 2588-1243 / 1669 Fax: 2588-1668
Celular: 7894-2454
E-mail: ver.rosangelagomes@gmail.com
rosangelagomes@alerj.rj.gov.br
Chefe Gabinete: Tejane Lopes (9789-3934) tjaner@hotmail.com
Assessor: Cristiane Alves (9265-5930 / 9645-7459) alvescris@gmail.com
Origem: Nova Iguaçu
Formação: Direito
Área de atuação: transporte, água e saúde
Comissões: presidente da Comissão de Prevenção ao uso de drogas e dependentes químicos em geral; membro efetivo da Comissão de combate às discriminações e preconceitos de raça, cor, etnia, religião e procedência nacional; membro efetivo da Comissão de segurança Alimentar.
Informações complementares: Bacharel em Direito, pós-graduação em direito público, pós-graduação em políticas públicas e graduação em biologia, ex-vereadora em Nova Iguaçu por três mandatos (2000-2010). Presidente nacional do PRB da mulher, presidente nacional do diretório do PRB de Nova Iguaçu.


ROSENVERG REIS: CARECE MAIS INFORMAÇÕES!!!

Sabino (2º mandato)

Partido: PSC
Gabinete: 412
Telefone: 2588-1290 Fax: 2588-1640
Celular: 9999-2020
E-mail: sabino@alerj.rj.gov.br - sabino@ostras.net
Twitter: @sabinodeputado
Site: http://www.deputadosabino.com.br/noticias/
Flickr: http://www.flickr.com/people/deputadosabino/
Youtube: http://www.youtube.com/deputadosabino
Blog: http://deputadosabino.wordpress.com/
Chefe de Gabinete: Olívio Carlos – 7829-1857- oliviosoares@gmail.com
Assessor: Leandro Sarzeda 9740-2020 leaandrosarzeda@uol.com.br / Inácio Tavares – Assessor: 9104-1410 / Ronaldo Paes Leme 9445-9073
Origem: Rio das Ostras
Formação: Bacharel em Letras
Área de atuação: Trabalho
Comissões: membro efetivo da Comissão de Tributação, Controle da Arrecadação Estadual e de Fiscalização dos Tributos Estaduais; membro efetivo da Comissão de Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira; membro efetivo da Comissão de Defesa do Meio Ambiente;
Informações Complementares: Foi prefeito de Rio das Ostras por dois mandatos (eleito em 2000 e 2004), subsecretário estadual de Meio Ambiente e secretário estadual de Trabalho e Renda.


Samuel Malafaia (2º mandato)

Partido: PR
Gabinete: 109
Tel.: 2588-1625 Fax: 2588-1286
Celular: 9971-9731
E-mail: samuelmalafaia@alerj.rj.gov.br / samuelmalafaia@uol.com.br
www.samuelmalafaia.com.br
Twitter: @samuelmalafaia
Chefe de Gabinete: Alexandre Esquerdo (7837-4443/ 8890-4653) a.esquerdo@hotmail.com
Assessor: Rosangela Motta (9577-7516/ 8890-4654) rosasmotta@gmail.com
Origem: Rio de Janeiro
Formação: engenheiro mecânico
Área de atuação: idosos e jovens
Comissões:
Informações complementares: 1° suplente da mesa diretora da Alerj.


Thiago Pampolha (1º mandato)

Partido: PRP
Gabinete: 212
Tel: 2588-1330/ 1699 FAX:1700
Celular: 7844-4913
E-mail: thiagopampolha@hotmail.com
TWITTER: @thipampolha
Facebook: Thiago Pampolha
Chefe Gabinete: Tereza Nunes ( terezanunes@ig.com.br ) 7867-8285
Assessor: Teresa Nunes 7867-8285 teresanunes@ig.com.br
Origem: Rio de Janeiro
Formação: empresário
Área de atuação: jovem, idoso, educação e meio ambiente
Comissões: 4º suplente da Comissão de Indicações legislativas, 2º suplente da Comissão de Legislação Constitucional Complementar e Códigos, Membro da Comissão de Obras Públicas, 5º suplente da Comissão de Tributação
Informações complementares: Mais jovem parlamentar da nova legislatura, estudante de Direito e Líder do PPR na Alerj, foi assessor da Câmara Municipal do Rio de Janeiro


Waguinho (1°mandato)

Partido: PRTB
Gabinete:304
TEL: 2588-1340 FAX: 2588-1690
Celular: 7726-1031
E-mail: wd.carneiro@uol.com / waguinho@alerj.rj.gov.br
Chefe de gabinete: Flávio Vieira da Silva (9277-3155) PR.flaviovieira@uol.com.br
Assessor: Mônica Ramos (8893-2232) monicaramosrj@yahoo.com.br
Origem: Belford Roxo
Formação: direito
Área de atuação: saúde, saneamento básico e educação
Comissões: membro efetivo da Comissão para Prevenir e Combater a Pirataria no Estado do Rio; membro efetivo para Prevenção ao uso de drogas e dependentes químicos em geral; membro efetivo da Comissão de Segurança Alimentar
Informações Complementares: ex-líder da presidência da câmara de Belford Roxo em (2009-2011)


Zaqueu Teixeira (1°mandato)

Partido: PT
Gabinete: 107
Telefone: 2588-1258 Fax:2588-1642
Celular: 7825-4785
e-mail: zaqueuteixeira@alerj.rj.gov.br / zaqueu13333@gmail.com
Chefe de Gabinete: Daniela cordeiro (dcordeiro@alerj.rj.gov.br) 9515-7677
Assessor: Giuliano Falsetta (8095-5175) giuliano.falsetta@gmail.com/ Tatiana Nucci (9993-6967)
Origem: queimados
Formação: delegado - Direito
Área de atuação: segurança pública
Comissões: presidente da Comissão de Segurança Pública e Assuntos da Polícia; membro efetivo da Comissão de Legislação Constitucional, Complementar e Códigos; membro efetivo da Comissão de Defesa do Consumidor; membro efetivo da Comissão de Redação;
Informações complementares: delegado e ex-chefe da polícia Civil durante a gestão da Benedita da Silva no Governo Estadual.


José Luiz Nanci (1°mandato)

Partido: PPS
Gabinete: 213
Tel:2588-1356/1117/1553
Celular: 9989-7599/ Res.: 3078-3400
www.joseluiznanci.com.br
e-mail: drjoseluiznanci@alerj.gov.br
Chefe Gabinete: Rodrigo Souza Miranda (9952-8258) betinhomiranda@hotmail.com
Assessor: Patrick Guimarães (7863-5502)- paimprensa@gmail.com
Origem: São Gonçalo
Formação: médico
Área de atuação: saúde e educação
Comissões:
Informações complementares: 4° secretário da mesa diretora da Alerj. Ex-vereador de São Gonçalo (desde 82), ex-secretário da saúde do Rio (2001/2002)