O fim está próximo, irmãos!


Começando a acreditar seriamente em fim do mundo. Não bastasse o valor dos transportes e a aliança de ontem entre Maias e Garotinhos hoje o Crivella vai virar Ministro!

O Palácio do Planalto confirmou a nomeação do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) para o Ministério da Pesca. Crivella assume o lugar de Luiz Sérgio. Essa não é a primeira vez que a pasta passa por trocas. No ano passado, Dilma fez um troca-troca ministerial e nomeou a ministra Ideli Salvatti para a Secretaria de Relações Institucionais (SRI) no lugar de Luiz Sérgio, que assumiu o Ministério de Pesca e Aquicultura.



Linha 4 ou extensão da linha 1?


No último post um vídeo não recebeu a devida atenção. Marcelo Freixo questiona o secretário de transportes Julio Lopes sobre a Linha 4 do Metrô. O governo do Estado tem se aproveitado de muita mídia para se promover, mas na verdade ainda não será construída a Linha 4. O que o governo propõe com esse nome é a extensão da Linha 1.

O Deputado Freixo mostra ainda que, de acordo com uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas há mais espaço para presidiários dentro de uma cela do que para os passageiros atualmente dentro do metrô no Rio de Janeiro.


Com mais de seis milhões de habitantes, o Rio de Janeiro é uma das cidades de seu porte mais mal servida em termos de transporte metroviário no mundo. Nosso metrô tem hoje 46km ( contra 400km de NY e outros 400km de Londres) e opera com duas linhas que foram superpostas, formando uma longa “tripa” e não uma rede como ocorre em todo o mundo.

O projeto de construir uma nova plataforma na estação General Osório para servir de ponto final dos trens da Linha 2 é contrário ao INTERESSE PUBLICO. Além de cara, a obra vai fazer com que a estação fique fechada por, pelo menos, seis meses. Além disso, trata-se de um investimento desnecessário, já que a sobrecarga de usuários vindos da Barra será absorvida tão logo seja implantado o trecho Gávea – Carioca via Jardim Botânico, Humaitá, Botafogo e Laranjeiras.

Além disso a estação final da Linha 4 deve ser Alvorada. Em função do elevado volume de usuários de Barra, Recreio e Jacarepaguá, e para eliminar baldeações intermodais, o trecho de6 km entre Jardim Oceânico e Alvorada deve ser feito por metrô e não pelo sistema BRT (ônibus articulado). O custo inicial menor de implantação do BRT é injustificável como alegação para que o metrô não chegue até Alvorada. Para reduzir custos, seriam concluídas até final de 2015 apenas as estações Jardim Oceânico e Alvorada. A implantação das 4 ou 5 estações de permeio seria concluída após a realização das Olimpíadas.

Essas são algumas das reinvidicações do movimento Metrô que o Rio Precisa e tem toda razão. Vale a pena pesquisar os links indicados no post anterior e ver como atitudes de baixo custo para o governo trariam benefícios muito grandes ao público. Não que seja difícil melhorar, já que o fundo do poço que é a lata de sardinha em que pagamos caro para andar atualmente.



Pequeno, ruim e caro.


A cúpula do estado do Rio se reuniu e definiu um aumento na passagem daquele que já é considerado o mais caro serviço de metrô do mundo e que tem subido constantemente muito acima da inflação. A partir de 2 de abril a passagem custará R$3,20.

Uma pesquisa nos preços do serviço de metrô de algumas cidades do mundo mostra que a tarifa do transporte carioca (R$ 3,10) anda bem salgada. Principalmente, quando a compra de múltiplas viagens não garante vantagem nenhuma. Em São Paulo, onde a extensão da linha é maior, o preço do bilhete unitário é R$ 2,90. Quem adquirir o cartão fidelidade de lá ainda ganha descontos: em oito viagens, o preço de um embarque cai para R$ 2,69.

Em Santiago, no Chile, as tarifas variam entre aproximadamente R$ 2,12 e R$ 2,56, dependendo do horário. Já os hermanos argentinos pagam cerca de R$ 1,03 pelo metrô em Buenos Aires, um dos serviços mais elogiados.

A comparação com o metrô de Nova York, nos EUA, mostra que a passagem de lá é mais cara. O preço de uma viagem custa em torno de R$ 4,47, mas há bons descontos. Há, por exemplo, um bilhete de cerca de R$ 51,90 permite que o usuário ande quantas vezes quiser por sete dias. E lá são 423 estações e 370km de serviços. Grande? Menor do que o de Londres, que tem cerca de 400km de extensão.


Vamos relembrar então alguns dados recentes sobre o Metrô-Rio:

Um bom resumo do que é o Metrô há algum tempo; Mesmo com o serviço que presta a concessão da empresa que administra o Metrô-Rio foi renovada por mais 20 anos na surdina

Repórteres pegando o metrô de manhã

"Dentro das normas"

Problemas que não melhoram

O dia-a-dia de metrô lotado ou parado

Flagrante de 1 mês atrás

Mês passado: "Cada um com seus problema!"

E a Linha 4, hein? Nada de novo.


Enquanto isso a companhia que administra o metrô segue bem relacionada. Renovou seu contrato por mais 20 anos e segue com a esposa do governador como advogada.

Só para relembrar algumas coisas que eu já disse aqui:




E outros blogs que falam sobre a situação:

Como parar uma criança

No restaurante em que fui hoje uma menina de uns 7 anos corria sem parar, pulava e gritava enquanto os pais almoçavam tranqüilamente. Vendo que não tinha limites ela começou a correr até a parte de fora do restaurante e voltar. Aí os pais começaram a intervir. Primeiro pedindo com a maior calma que ela não fosse para a área externa.

Vendo que a menina não obedecia começaram a lançar ameaças de castigos que foram se agravando. "Nada de brinquedos", "ficar sem televisão", "nada de praia hoje"... Nada parecia adiantar. Foi quando veio o ultimato: "Vamos voltar hoje pra São Paulo!" Tadinha... A pequena sentou no chão e chorou até ir embora.

A tristeza é senhora. Desde que o samba é samba é assim...

Jornalistas mortos na Síria
Guerra civil no Afeganistão
Fome na Africa
E o acidente de trem na Argentina?
Tudo muito triste, né?
Mas triste mesmo é um desfile com iogurte como tema.



Outro dia assisti "Vinhas da Ira". Que filme triste...
Mas triste TRISTE mesmo é um samba sobre iogurte!

Confusão na apuração de SP

Ontem na apuração do carnaval de São Paulo houve uma confusão entre torcedores de algumas escolas de samba. O tumulto se intensificou entre torcedores de futebol, já que lá eles misturam as bolas e trocam os pés.

Tudo parece ter começado com um "acordão" entre escolas insatisfeitas com 2 juízes substitutos que entraram de última hora no lugar de um que alegou não entender o carnaval de São Paulo e outro que preferiu ser jurado do grupo de acesso no Rio do que do grupo especial de lá como é descrito de forma sutil na notícia abaixo.



Da triste situação descobriu-se uma coisa muito interessante: eles também celebram o carnaval em São Paulo!





Entrevista do Deputado Romário

ROMÁRIO (acreditem: o menos faltoso entre os novos deputados Federais) e uma entrevista incrível;
Parte de entrevista do ROMÁRIO ao jornalista Cosme Rimoli - TV Record

- Você foi recebido com preconceito em Brasília?
Olha, vou ser claro para quem ler entender como as coisas são. Há o burro, aquele que não entende o que acontece ao redor. E há o ignorante, que não teve tempo de aprender. Não houve preconceito comigo porque não sou nem uma coisa nem outra. Mesmo tendo a rotina de um grande jogador que fui, nunca deixei de me informar, estudar.

Vim de uma família muito humilde. Nasci na favela. Meu pai, que está no céu, e minha mãe ralaram para me dar além de comida, educação. Consciência das coisas... Não só joguei futebol. Frequentei dois anos de faculdade de Educação Física. E dois de moda. Sim, moda. Sempre gostei de roupa, de me vestir bem. Queria entender como as roupas eram feitas. Mas isso é o de menos. O que importa é que esta sede de conhecimento me deu preparo para ser uma pessoa consciente... Preparada para a vida.

E insisto em uma tese em Brasília, com os outros deputados. O Brasil só vai deixar de ser um país tão atrasado quando a educação for valorizada. O professor é uma das classes que menos ganha e é a mais importante. O Brasil cria gerações de pessoas ignorantes porque não valoriza a Educação. E seus professores. Não há interesse de que a população brasileira deixe de ser ignorante. Há quem se beneficie disso. As pessoas que comandam o País precisam passar a enxergar isso. A Saúde é importante? Lógico que é. Mas a Educação de um povo é muito mais.

- Essa ignorância ajuda a corrupção? Por exemplo, que legado deixou o Pan do Rio?
Você não tenha dúvidas que a ignorância é parceira da corrupção. Os gastos previstos para o Pan do Rio eram de, no máximo, R$ 400 milhões. Foram gastos R$ 3,5 bilhões. Vou dar um testemunho que nunca dei. Comprei alguns apartamentos na Vila Panamericana do Rio como investimento. A melhor coisa que fiz foi vender esses apartamentos rapidamente. Sabe por quê? A Vila do Pan foi construída em cima de um pântano. Está afundando. O Velódromo caríssimo está abandonado. Assim como o Complexo Aquático Maria Lenk... É um escândalo! Uma vergonha! Todos fingem não enxergar. Alguém ganhou muito dinheiro com o Panamericano do Rio.

A ignorância da população é que deixa essa gente safada sossegada. Sabe que ninguém vai cobrar nada das autoridades. A população não sabe da força que tem. Por isso que defendo os professores. Não temos base cultural nem para entender o que acontece ao nosso lado. E muito menos para perceber a força que temos. Para que gente poderosa vai querer a população consciente? O Pan do Rio custou quatro vezes mais do que este do México. Não deixou legado algum e ninguém abre a boca para reclamar.

- Se o Pan foi assim, a Copa do Mundo no Brasil será uma festa para os corruptos...
Vou te dar um dado assustador. A presidente Dilma havia afirmado quando assumiu que a Copa custaria R$ 42 bilhões. Já está em R$ 72 bilhões. E ninguém sabe onde os gastos vão parar. Ningúem. Com exceção de São Paulo, Rio, Minas, Rio Grande do Sul e olhe lá... Pernambuco... Todas as outras sete arenas não terão o uso constante. E não havia nem a necessidade de serem construídas. Eu vi onze das doze... Estive em onze sedes da Copa e posso afirmar sem medo. Tem muita coisa errada. E de propósito para beneficiar poucas pessoas.

Por que o Brasil teve de fazer 12 sedes e não oito como sempre acontecia nos outros países? Basta pensar. Quem se beneficia com tantas arenas construídas que servirão apenas para três jogos da Copa? É revoltante. Não há a mínima coerência na organização da Copa no Brasil.

- São Paulo acaba de ser confirmado como a sede da abertura da Copa. Você concorda?
Como posso concordar? Colocaram lá três tijolinhos em Itaquera e pronto... E a sede da abertura é lá. Quem pode garantir que o estádio ficará pronto a tempo? Não é por ser São Paulo, mas eu não concordaria com essa situação em lugar nenhum do País. Quando as pessoas poderosas querem é assim que funcionam as coisas no Brasil. No Maracanã também vão gastar uma fortuna, mais de um bilhão. E ninguém tem certeza dos gastos. Nem terá. Prometem, falam, garantem mas não há transparência. Minha luta é para que as obras não fiquem atrasadas de propósito. E depois aceleradas com gastos que ninguém controla.

- O que você acha de um estádio de mais de R$ 1 bilhão construído com recursos públicos. E entregue para um clube particular.
Você está falando do estádio do Corinthians, não é? Não vou concordar nunca. Os incentivos públicos para um estádio particular são imorais. Seja de que clube for. De que cidade for. Não há meio de uma população consciente aceitar. Não deveria haver conversa de politico que convencesse a todos a aceitar. Por isso repito que falta compreensão à população do que está acontecendo no Brasil para a Copa.

- A Fifa vai fazer o que quer com o Brasil?
Infelizmente, tudo indica que sim. Vai lucrar de R$ 3 a R$ 4 bilhões e não vai colocar um tostão no Brasil. É revoltante. Deveria dar apenas 10% para ajudar na Educação. Iria fazer um bem absurdo ao Brasil. Mas cadê coragem de cobrar alguma coisa da Fifa. Ela vai colocar o preço mais baixo dos ingressos da Copa a R$ 240,00. Só porque estamos brigando pela manutenção da meia entrada. É uma palhaçada! As classes C, D e E não vão ver a Copa no estádio. O Mundial é para a elite. Não é para o brasileiro comum assistir.




- Ricardo Teixeira tem condições de comandar o processo do Mundial de 2014?
Não tem de saúde. Eu falei há mais de quatro meses que ele não suportaria a pressão. Ser presidente da CBF e do Comitê Organizador Local é demais para qualquer um. Ainda mais com a idade que ele tem. Não deu outra. Caiu no hospital. E ainda diz que vai levar esse processo até o final. Eu acho um absurdo.

- Muito além da saúde de Ricardo Teixeira. Você acha que pelas várias denúncias, investigações da Polícia Federal... Ele tem condições morais de comandar a organização da Copa no Brasil?
Não. O Ricardo Teixeira não tem condições morais de organizar a Copa. Não até provar que é inocente. Que não tem cabimento nenhuma das denúncias. Até lá, não tem condições morais de estar no comando de todo o processo. Muito menos do futebol brasileiro...

A África apresentou há alguns meses atrás o resultado final da Copa do Mundo: deu prejuízo e grande. Agora é a vez do Brasil. Fifa, CBF, políticos e os empreiteiros vão ganhar muito dinheiro. Quem teve a idéia de promover, o evento em nosso país, alguém sabe?